J4N
J4N
+
kazu721010:

Casa Rocas / Studio MK27 + Renata Furlanetto
+
masonemanuele:

Redux House, Bragança Paulista, 2013 - studio mk27
+
lepetitmonsieurcocosse:

Gerhard Richter “cloud, Wolke” 1974
+
formascriticas:

→ House of the Infinite por Alberto Campo Baeza. ©Javier Callejas
Esta habitação em Cádiz, Espanha, desenhada pelo arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza, é surreal… Em primeiro lugar, porque está inserida num cenário fantástico. Quem não gostaria de ter uma casa em frente ao mar, mesmo em cima da areia? Pois.
Em segundo lugar, porque tudo parece perfeito! Acompanhem o meu raciocínio. O desenho minimalista, a piscina na cobertura, a mármore que reveste todo o volume, as caixilharias invisíveis, as pequenas clarabóias que iluminam o interior e as plantas de desenho ortogonal, que podem ser vistas aqui, são alguns dos pormenores que me chamaram a atenção e que com certeza farão deste volume, um clássico da arquitetura contemporânea. 
Ah..! E o pórtico da entrada? Viram? Enfim… são tantos details que o melhor é mesmo fazer um clique aqui e ficarem a conhecer tudo ao pormenor. Take a look!
formascriticas:

→ House of the Infinite por Alberto Campo Baeza. ©Javier Callejas
Esta habitação em Cádiz, Espanha, desenhada pelo arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza, é surreal… Em primeiro lugar, porque está inserida num cenário fantástico. Quem não gostaria de ter uma casa em frente ao mar, mesmo em cima da areia? Pois.
Em segundo lugar, porque tudo parece perfeito! Acompanhem o meu raciocínio. O desenho minimalista, a piscina na cobertura, a mármore que reveste todo o volume, as caixilharias invisíveis, as pequenas clarabóias que iluminam o interior e as plantas de desenho ortogonal, que podem ser vistas aqui, são alguns dos pormenores que me chamaram a atenção e que com certeza farão deste volume, um clássico da arquitetura contemporânea. 
Ah..! E o pórtico da entrada? Viram? Enfim… são tantos details que o melhor é mesmo fazer um clique aqui e ficarem a conhecer tudo ao pormenor. Take a look!
formascriticas:

→ House of the Infinite por Alberto Campo Baeza. ©Javier Callejas
Esta habitação em Cádiz, Espanha, desenhada pelo arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza, é surreal… Em primeiro lugar, porque está inserida num cenário fantástico. Quem não gostaria de ter uma casa em frente ao mar, mesmo em cima da areia? Pois.
Em segundo lugar, porque tudo parece perfeito! Acompanhem o meu raciocínio. O desenho minimalista, a piscina na cobertura, a mármore que reveste todo o volume, as caixilharias invisíveis, as pequenas clarabóias que iluminam o interior e as plantas de desenho ortogonal, que podem ser vistas aqui, são alguns dos pormenores que me chamaram a atenção e que com certeza farão deste volume, um clássico da arquitetura contemporânea. 
Ah..! E o pórtico da entrada? Viram? Enfim… são tantos details que o melhor é mesmo fazer um clique aqui e ficarem a conhecer tudo ao pormenor. Take a look!
formascriticas:

→ House of the Infinite por Alberto Campo Baeza. ©Javier Callejas
Esta habitação em Cádiz, Espanha, desenhada pelo arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza, é surreal… Em primeiro lugar, porque está inserida num cenário fantástico. Quem não gostaria de ter uma casa em frente ao mar, mesmo em cima da areia? Pois.
Em segundo lugar, porque tudo parece perfeito! Acompanhem o meu raciocínio. O desenho minimalista, a piscina na cobertura, a mármore que reveste todo o volume, as caixilharias invisíveis, as pequenas clarabóias que iluminam o interior e as plantas de desenho ortogonal, que podem ser vistas aqui, são alguns dos pormenores que me chamaram a atenção e que com certeza farão deste volume, um clássico da arquitetura contemporânea. 
Ah..! E o pórtico da entrada? Viram? Enfim… são tantos details que o melhor é mesmo fazer um clique aqui e ficarem a conhecer tudo ao pormenor. Take a look!
formascriticas:

→ House of the Infinite por Alberto Campo Baeza. ©Javier Callejas
Esta habitação em Cádiz, Espanha, desenhada pelo arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza, é surreal… Em primeiro lugar, porque está inserida num cenário fantástico. Quem não gostaria de ter uma casa em frente ao mar, mesmo em cima da areia? Pois.
Em segundo lugar, porque tudo parece perfeito! Acompanhem o meu raciocínio. O desenho minimalista, a piscina na cobertura, a mármore que reveste todo o volume, as caixilharias invisíveis, as pequenas clarabóias que iluminam o interior e as plantas de desenho ortogonal, que podem ser vistas aqui, são alguns dos pormenores que me chamaram a atenção e que com certeza farão deste volume, um clássico da arquitetura contemporânea. 
Ah..! E o pórtico da entrada? Viram? Enfim… são tantos details que o melhor é mesmo fazer um clique aqui e ficarem a conhecer tudo ao pormenor. Take a look!
formascriticas:

→ House of the Infinite por Alberto Campo Baeza. ©Javier Callejas
Esta habitação em Cádiz, Espanha, desenhada pelo arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza, é surreal… Em primeiro lugar, porque está inserida num cenário fantástico. Quem não gostaria de ter uma casa em frente ao mar, mesmo em cima da areia? Pois.
Em segundo lugar, porque tudo parece perfeito! Acompanhem o meu raciocínio. O desenho minimalista, a piscina na cobertura, a mármore que reveste todo o volume, as caixilharias invisíveis, as pequenas clarabóias que iluminam o interior e as plantas de desenho ortogonal, que podem ser vistas aqui, são alguns dos pormenores que me chamaram a atenção e que com certeza farão deste volume, um clássico da arquitetura contemporânea. 
Ah..! E o pórtico da entrada? Viram? Enfim… são tantos details que o melhor é mesmo fazer um clique aqui e ficarem a conhecer tudo ao pormenor. Take a look!
formascriticas:

→ House of the Infinite por Alberto Campo Baeza. ©Javier Callejas
Esta habitação em Cádiz, Espanha, desenhada pelo arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza, é surreal… Em primeiro lugar, porque está inserida num cenário fantástico. Quem não gostaria de ter uma casa em frente ao mar, mesmo em cima da areia? Pois.
Em segundo lugar, porque tudo parece perfeito! Acompanhem o meu raciocínio. O desenho minimalista, a piscina na cobertura, a mármore que reveste todo o volume, as caixilharias invisíveis, as pequenas clarabóias que iluminam o interior e as plantas de desenho ortogonal, que podem ser vistas aqui, são alguns dos pormenores que me chamaram a atenção e que com certeza farão deste volume, um clássico da arquitetura contemporânea. 
Ah..! E o pórtico da entrada? Viram? Enfim… são tantos details que o melhor é mesmo fazer um clique aqui e ficarem a conhecer tudo ao pormenor. Take a look!
formascriticas:

→ House of the Infinite por Alberto Campo Baeza. ©Javier Callejas
Esta habitação em Cádiz, Espanha, desenhada pelo arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza, é surreal… Em primeiro lugar, porque está inserida num cenário fantástico. Quem não gostaria de ter uma casa em frente ao mar, mesmo em cima da areia? Pois.
Em segundo lugar, porque tudo parece perfeito! Acompanhem o meu raciocínio. O desenho minimalista, a piscina na cobertura, a mármore que reveste todo o volume, as caixilharias invisíveis, as pequenas clarabóias que iluminam o interior e as plantas de desenho ortogonal, que podem ser vistas aqui, são alguns dos pormenores que me chamaram a atenção e que com certeza farão deste volume, um clássico da arquitetura contemporânea. 
Ah..! E o pórtico da entrada? Viram? Enfim… são tantos details que o melhor é mesmo fazer um clique aqui e ficarem a conhecer tudo ao pormenor. Take a look!
formascriticas:

→ House of the Infinite por Alberto Campo Baeza. ©Javier Callejas
Esta habitação em Cádiz, Espanha, desenhada pelo arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza, é surreal… Em primeiro lugar, porque está inserida num cenário fantástico. Quem não gostaria de ter uma casa em frente ao mar, mesmo em cima da areia? Pois.
Em segundo lugar, porque tudo parece perfeito! Acompanhem o meu raciocínio. O desenho minimalista, a piscina na cobertura, a mármore que reveste todo o volume, as caixilharias invisíveis, as pequenas clarabóias que iluminam o interior e as plantas de desenho ortogonal, que podem ser vistas aqui, são alguns dos pormenores que me chamaram a atenção e que com certeza farão deste volume, um clássico da arquitetura contemporânea. 
Ah..! E o pórtico da entrada? Viram? Enfim… são tantos details que o melhor é mesmo fazer um clique aqui e ficarem a conhecer tudo ao pormenor. Take a look!
formascriticas:

→ House of the Infinite por Alberto Campo Baeza. ©Javier Callejas
Esta habitação em Cádiz, Espanha, desenhada pelo arquiteto espanhol Alberto Campo Baeza, é surreal… Em primeiro lugar, porque está inserida num cenário fantástico. Quem não gostaria de ter uma casa em frente ao mar, mesmo em cima da areia? Pois.
Em segundo lugar, porque tudo parece perfeito! Acompanhem o meu raciocínio. O desenho minimalista, a piscina na cobertura, a mármore que reveste todo o volume, as caixilharias invisíveis, as pequenas clarabóias que iluminam o interior e as plantas de desenho ortogonal, que podem ser vistas aqui, são alguns dos pormenores que me chamaram a atenção e que com certeza farão deste volume, um clássico da arquitetura contemporânea. 
Ah..! E o pórtico da entrada? Viram? Enfim… são tantos details que o melhor é mesmo fazer um clique aqui e ficarem a conhecer tudo ao pormenor. Take a look!
+
kazu721010:

Capilla Santa María de los Caballeros / MGP Arquitectura y Urbanismo
+
sgdfhsfgj456456jkdfh:

These days I prou Gravy
8x10”
+
+
subtilitas:

Pezo von Ellrichshausen - Cien house, Concepcion 2011 (previously). Photos (C) Cristóbal Palma.
subtilitas:

Pezo von Ellrichshausen - Cien house, Concepcion 2011 (previously). Photos (C) Cristóbal Palma.
subtilitas:

Pezo von Ellrichshausen - Cien house, Concepcion 2011 (previously). Photos (C) Cristóbal Palma.
subtilitas:

Pezo von Ellrichshausen - Cien house, Concepcion 2011 (previously). Photos (C) Cristóbal Palma.
subtilitas:

Pezo von Ellrichshausen - Cien house, Concepcion 2011 (previously). Photos (C) Cristóbal Palma.
subtilitas:

Pezo von Ellrichshausen - Cien house, Concepcion 2011 (previously). Photos (C) Cristóbal Palma.
subtilitas:

Pezo von Ellrichshausen - Cien house, Concepcion 2011 (previously). Photos (C) Cristóbal Palma.
+
paintedout:

Cy Twombly, Untitled (Bolsena)
+